2021
set
17
Geral

Professora é coautora de capítulo de livro da ABRAPEE

A docente Stela Maris Bretas é uma dos autores convidados para a composição do livro “Por que a Psicologia na Educação? Em defesa da emancipação humana no processo de escolarização – Vol. I” 

A professora dos cursos de Pedagogia e Psicologia do Unileste e coordenadora da representação estadual da Associação Brasileira de Psicologia Escolar Educacional (ABRAPEE), Ma. Stela Maris Bretas Souza, consagrou mais uma de suas pesquisas por meio da coautoria do capítulo intitulado: “Psicologia e Serviço Social na Educação Básica de Minas Gerais a partir da Lei 13.935/2019: trajetória e contribuições”, junto aos coautores Celso Francisco Tondin, Luiz Henrique de Souza Cunha e Paulo César Lourenço da Silva, no livro “Por que a Psicologia na Educação? Em defesa da emancipação humana no processo de escolarização – Vol. I”, idealizado pelas presidentas da ABRAPAEE.

Segundo Ma. Stela, “o capítulo apresenta elementos teóricos e práticos realizados exitosamente pela psicologia nos processos de escolarização e que reafirmam a importância dos psicólogos e assistentes sociais no sistema educacional.” A docente reitera que após 19 anos de espera a Lei Federal 13.935/19 que trata da inserção de psicólogas e assistentes sociais na rede de educação básica foi aprovada. “Tivemos em dezembro de 2019 a aprovação dessa lei, sendo assim, não só o meu capítulo, mas toda a edição do livro pretende subsidiar aqueles que trabalham ou irão trabalhar com a educação e que necessitam de apoio em seu fazer”, acrescenta.

O livro é resultado de vários trabalhos desenvolvidos por pesquisadores de todo o Brasil, engajados com o fazer da Psicologia Escolar e que lutam pela defesa de uma escola pública de qualidade. “As organizadoras convidaram para participar do livro pessoas com trajetória e experiências na Psicologia Escolar. E dentre estas pessoas eu fui convidada. Para mim, o livro tem um diferencial, pois além da publicação de um capítulo que é muito importante, principalmente na carreira acadêmica, tem o fato do reconhecimento de um trabalho de uma vida, em prol da Psicologia Escolar”, afirma a coautora Stela.

 

Publicado por Érica da Costa Soares Rocha

Notícias Recentes

21 outubro 2021
Projeto Baja abre processo seletivo para admissão de novos membros
18 outubro 2021
6ª Semana da Odontologia do Unileste