2021
nov
25
Notícias

Unileste celebra Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue

O Unileste celebra o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue comemorado em todo o país nesta quinta-feira, 25, homenageando os voluntários anônimos que se dispõem a salvar vidas e, alerta para que mais pessoas se tornem doadoras, pois o sangue é a única fonte de reposição de células sanguíneas para milhares de pacientes internados, que seguem em tratamentos.

Segundo dados do Ministério da Saúde, apenas 1,8% dos brasileiros doam sangue regularmente, quando o percentual recomendado é que entre 3% e 5% pratiquem este ato solidário. Além do baixo percentual, com a pandemia da Covid-19 e a aproximação do fim do ano, quando as pessoas decidem viajar para passar o Natal e o Réveillon longe de casa, esse número cai ainda mais. Por isso, a data coincide com a temporada de maior necessidade de estímulo às doações, pois é quando os estoques de sangue em hospitais e hemocentros encontram-se em baixa.

Para a enfermeira e coordenadora do curso de Enfermagem do Unileste, Aline de Barros Coelho doar sangue é um ato de solidariedade. “Não há nada com as mesmas características ou parecido com o sangue que consiga substituí-lo, ele é imprescindível para o funcionamento do corpo humano. Por isso é fundamental se conscientizar sobre a importância de doar e contar com a ajuda de doadores voluntários”, ressalta.

A professora ainda explica que uma pessoa tem cerca de cinco litros de sangue no corpo e em uma doação corresponde a 450 ml, quantidade que pode ajudar a salvar até quatro vidas. “Não existe prejuízo para o doador. O corpo humano repõe esse volume em 24 horas”, destaca.

Quem pode doar

Pessoas em boas condições de saúde com idade entre 16 e 69 anos e que pesam acima de 50k. Para os menores de 18 anos, é necessária uma autorização dos responsáveis legais. No dia da doação, o voluntário deve estar descansado e ter se alimentado normalmente. Outro ponto importante é não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas doze horas.

Onde doar

Hospital Márcio Cunha – Ipatinga: de segunda a sexta, das 7h às 11h e das 13h às 18h. Agendamento pelo telefone (31) 3829-9600 ou pelo WhatsApp (31) 99686-1060.

Hemocentro – Governador Valadares: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h. A unidade está localizada na rua. Rui Barbosa, 149 – Centro, Gov. Valadares – MG. Telefone: (33) 3212-5800.

Intervalo

O intervalo entre as doações é de dois meses para os homens e três meses para as mulheres. Puérperas devem aguardar três meses após o parto normal e abortamento, e seis meses após cesariana.

Quem se vacinou contra a covid-19 deve aguardar o período indicado: pessoas vacinadas com a CoronaVac, devem esperar 2 dias, com a AstraZeneca/Oxford e a Pfizer 7 dias, para realizar o procedimento, de acordo com informe técnico do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 do Ministério da Saúde.

Quem não pode doar

Pessoas que tenham tido doenças como hepatite, doença de chagas, sífilis ou seja HIV positivo;

Tenham feito tatuagem, maquiagem definitiva ou mesmo colocado um piercing há menos de um ano;

Que foram diagnosticados com Covid-19, durante 30 dias após o fim dos sintomas;

Quem estiver grávida ou amamentando, a menstruação não impede de doar sangue, desde que não esteja anêmica.

Pessoas que tenham dúvidas se podem ou não ser doadoras voluntárias devem entrar em contato com um hemocentro referência para o seu município para mais informações.

Publicado por Érica da Costa Soares Rocha

Notícias Recentes

24 janeiro 2022
Comunicado | Atividades do primeiro semestre de 2022
13 janeiro 2022
Grupo UBEC apoia a Campanha SOS Bahia e Minas Gerais 
07 janeiro 2022
Nova oportunidade para ingressar no Unileste e concorrer a bolsas de estudo de até 100%